Vitrine

WhatsApp - Como Baixar Todos os seus Dados


A nova lei de proteção de dados da Europa, conhecida como GDPR, está entre nós. A regulamentação impõe uma série de mudanças na maneira como as empresas tratam suas informações pessoais.



Um dos benefícios do GDPR é que ele exige que as empresas ofereçam alguma forma de os usuários pegarem todos os seus dados e deixarem o serviço. Desta forma, não ficará preso ao aplicativo de determinada companhia só porque não quer perder o acesso a fotos que armazenou com o passar dos anos – você deve conseguir mover suas informações para o serviço que preferir.



Para cumprir com a nova lei, grandes e pequenas empresas estão lançando ferramentas de download de dados. Mas transferir suas coisas de uma plataforma para outra ainda é mais irritante do que deveria – é preciso lidar com downloads pesados e formatos de arquivos conflitantes, já que a maioria dos serviços não lançaram boas funcionalidades de portabilidade.


Em uma era em que as Redes Sociais aparentemente armazenam mais informações sobre nós do que deveriam e a privacidade vira moeda de troca, seria interessante saber exatamente o quê faz parte de seus bancos de dados e mais interessante ainda seria se fosse possível ter em mãos uma cópia desses mesmos dados.


o WhatsApp disponibilizou globalmente uma ferramenta para os usuários solicitarem um relatório de tudo que a empresa tem de informações pessoais. A mudança foi em consequência do GDPR.

Ao se fazer o pedido, o WhatsApp é pontual, enviando uma pasta ZIP com dois arquivos: um HTML com o relatório e um JSON, que permite a portabilidade dos dados a outro serviço (como também exige o GDPR).

O relatório é dividido em 4 partes: Dados do utilizador, Termos de Serviço, Dados de criação da conta e Definições.

O único item mais extenso é o primeiro, que traz o bruto do que o WhatsApp tem sobre você. Isso significa: nome, número de telefone, tipo, marca e modelo de celular, versão do iOS, versão do WhatsApp, foto de perfil, biografia, telefones contatados (sem nomes associados a eles) e grupos (filtrados por nome).

Tudo está de acordo com a promessa do WhatsApp de entregar um serviço com bastante privacidade. Nada do conteúdo das conversas está armazenado pela empresa, que instaurou um sistema de criptografia de ponta a ponta, no qual essas informações ficam nos celulares do receptor e emissor das mensagens. O relatório também prova que fazer dinheiro com o app, da forma como ele é hoje, é um desafio para o Facebook.  Mas isso não é problema para a rede social, que explora uma infinidade de dados em sua plataforma principal. Aliás, o WhatsApp não é o único serviço onde você consegue baixar os seus dados. O Facebook também disponibiliza uma ferramenta para que o usuário saiba que informações são utilizadas pela empresa. Outras companhias, como Google e Apple, permitem a mesma coisa. A seguir explicamos como você pode solicitar o que as empresas sabem sobre você.

No iPhone, o caminho para pedir suas informações é feito a partir do menu "Ajustes", localizado no canto inferior direito da tela. Uma vez nele, é necessário clicar na opção "Conta". Na próxima tela, o usuário deve selecionar "Solicitar Dados da Conta", para depois realizar o pedido, que será entregue em até três dias.



Já em celulares com sistema operacional Android, a rota a ser seguida começa ao se clicar nos três pontos no canto superior direito da tela. A partir daí a próxima opção é "Configurações", depois "Conta" para aí sim chegar a "Solicitar dados da conta".

Dentro do menu é possível realizar o pedido, com os mesmos três dias de previsão para entrega do relatório.  Em seu site oficial, o WhatsApp informa que algumas ações de conta cancelarão a solicitação. Ou seja, se você solicitou o relatório de dados, não deve excluir a conta, alterar o número telefônico ou registrar novamente a conta, pois essas iniciativas interromperão o pedido de dados.  Uma vez pronto, o relatório ficará disponível para download por algumas semanas, antes de ser excluído dos servidores do WhatsApp


Para saber mais, escreva para nós, deixe seus comentários mais abaixo.

eupossofazerisso@gmail.com

Uber - Como Baixar Todos os seus Dados

Uber - Como Baixar Todos os seus Dados

A nova lei de proteção de dados da Europa, conhecida como GDPR, está entre nós. A regulamentação impõe uma série de mudanças na maneira como as empresas tratam suas informações pessoais.



Um dos benefícios do GDPR é que ele exige que as empresas ofereçam alguma forma de os usuários pegarem todos os seus dados e deixarem o serviço. Desta forma, não ficará preso ao aplicativo de determinada companhia só porque não quer perder o acesso a fotos que armazenou com o passar dos anos – você deve conseguir mover suas informações para o serviço que preferir.



Para cumprir com a nova lei, grandes e pequenas empresas estão lançando ferramentas de download de dados. Mas transferir suas coisas de uma plataforma para outra ainda é mais irritante do que deveria – é preciso lidar com downloads pesados e formatos de arquivos conflitantes, já que a maioria dos serviços não lançaram boas funcionalidades de portabilidade.


Em uma era em que as Redes Sociais aparentemente armazenam mais informações sobre nós do que deveriam e a privacidade vira moeda de troca, seria interessante saber exatamente o quê faz parte de seus bancos de dados e mais interessante ainda seria se fosse possível ter em mãos uma cópia desses mesmos dados.


Ao usar o Uber, confiamos nossas informações. Sua nova política (Vigente a partir de 25 de maio de 2018), descreve as informações que coletam, bem como elas são usadas e compartilhadas e as nossas opções com relação a essas informações.

O Uber coleta:


  • Informações que forneceu à Uber, como quando criou sua conta Uber;
  • Informações criadas quando usamos os serviços, como localização, utilização e informações do aparelho;
  • Informações de outras fontes, como parceiros da Uber e terceiros que usam a API da Uber.

Recomendo que leia o documento que destaca os principais pontos de suas práticas de privacidade (inclusive quais informações coletam, quando coletam e como a utilizam). Download Previous Policy.

O Uber retém suas informações enquanto sua conta permanecer ativa, a menos que você solicite.

Ressalvadas as exceções descritas abaixo, o Uber irá excluir ou anonimizar suas informações mediante solicitação. Ressalvada as leis aplicáveis, Uber poderá reter informações após a exclusão da conta:

(1) Se houver uma questão não resolvida relacionada à sua conta, como um crédito pendente em sua conta ou uma reclamação ou disputa não resolvida;

(2) Se as leis aplicáveis exigirem; e/ou de forma agregada e/ou anonimizada.


(3O Uber poderá reter também certas informações para seus próprios interesses comerciais, como a prevenção de fraudes e o aprimoramento da segurança dos usuários. Por exemplo, se o Uber encerrar uma conta de um usuário por causa de um comportamento inseguro ou incidente de segurança, Uber poderá reter certas informações sobre essa conta para evitar que esse usuário abra uma nova conta Uber no futuro.

O Uber exige que o usuário preencha as informações de perfil para oferecer os serviços, retendo essas informações durante todo o período que mantiver sua conta do Uber.

O Uber armazena certas informações, inclusive de transação, localização, aparelho e uso durante pelo menos 7 anos, quando relativas às exigências regulatórias, fiscais, de seguro e de outras naturezas dos locais onde operam. Quando essas informações não são mais necessárias para a prestação de serviços, suporte ao cliente, aprimoramento da experiência do usuário ou outros fins operacionais, o Uber toma providências para evitar o acesso a essas informações ou o seu uso para qualquer fim que não seja o cumprimento dessas exigências, a garantia da segurança ou a prevenção e detecção de fraudes.

Podemos solicitar a exclusão da conta a qualquer momento nas “Configurações de privacidade” no app do Uber ou no site do Uber (para usuários de viagens e destinatários de entregas aqui; para motoristas e parceiros de entrega aqui).

Depois dessa solicitação, o Uber excluirá as informações que não é obrigado a reter. Em algumas circunstâncias, pode ser que o Uber não possa excluir sua conta, por exemplo, se houver valores pendentes na sua conta ou alguma reclamação ou disputa ainda sem resolução. Depois que esse problema for resolvido, o Uber excluirá sua conta conforme descrito acima.


O Uber também poderá reter certas informações, caso necessário, por interesses comerciais legítimos, como prevenção contra fraude e aprimoramento da segurança dos usuários. Por exemplo, se o Uber encerrar a conta de um usuário por causa de um comportamento perigoso ou incidentes de segurança, o Uber poderá reter certas informações sobre essa conta para evitar que esse usuário abra uma nova conta do Uber no futuro.

A partir de 25 de maio de 2018, o processamento de dados pessoais de usuários na União Europeia vai estar sujeito ao EU General Data Protection Regulation (“GDPR”). 

Os usuários do Uber na UE têm os direitos a seguir no que se refere ao uso que o Uber faz de seus dados pessoais. Para exercer esses direitos, consulte ou envie sua solicitação aqui.


Usuários fora da UE também podem solicitar explicação, correção, exclusão ou cópia de seus dados pessoais aqui.



Para saber mais, escreva para nós, deixe seus comentários mais abaixo.


eupossofazerisso@gmail.com

Twitter - Como Baixar Todos os seus Dados

Twitter - Como Baixar Todos os seus Dados

A nova lei de proteção de dados da Europa, conhecida como GDPR, está entre nós. A regulamentação impõe uma série de mudanças na maneira como as empresas tratam suas informações pessoais.



Um dos benefícios do GDPR é que ele exige que as empresas ofereçam alguma forma de os usuários pegarem todos os seus dados e deixarem o serviço. Desta forma, não ficará preso ao aplicativo de determinada companhia só porque não quer perder o acesso a fotos que armazenou com o passar dos anos – você deve conseguir mover suas informações para o serviço que preferir.



Para cumprir com a nova lei, grandes e pequenas empresas estão lançando ferramentas de download de dados. Mas transferir suas coisas de uma plataforma para outra ainda é mais irritante do que deveria – é preciso lidar com downloads pesados e formatos de arquivos conflitantes, já que a maioria dos serviços não lançaram boas funcionalidades de portabilidade.


Em uma era em que as Redes Sociais aparentemente armazenam mais informações sobre nós do que deveriam e a privacidade vira moeda de troca, seria interessante saber exatamente o quê faz parte de seus bancos de dados e mais interessante ainda seria se fosse possível ter em mãos uma cópia desses mesmos dados.

Vamos ensinar agora como obter uma cópia de suas informações guardadas no Twitter. Na verdade, são dois arquivos distintos: um deles é um pacotão com todas as suas mensagens, desde seu primeiro dia na Rede Social e outro é um documento PDF com tudo que a 
Rede Social sabe sobre você.

Ao contrário do que acontece no LinkedIn e no Facebook, o Twitter tem um sistema bastante simples para solicitar esses dados. Em contrapartida, informações como contatos, seguidores, mensagens privadas e outros detalhes não fazem parte de nenhum dos arquivos enviados.

Para acessar e baixar todos os seus tuítes publicados na sua conta do Twitter, você precisa acessar suas configurações de conta e clicar no botão Solicitar o seu arquivo, na área de Conteúdo, próximo do final da página.


Uma mensagem informa que um link será enviado por e-mail a você quando seu arquivo estiver pronto. Isso pode demorar um pouco. Por favor, seja paciente. O envio demora cerca de dez minutos e consiste em um link dentro do próprio Twitter, para o download de um arquivo zip.

Você pode descompactar o conteúdo do zip em qualquer pasta e navegar pelo conteúdo a partir do arquivo index.html. Organizado por meses e anos, o conteúdo traz todos os seus tuítes e retuítes, incluindo imagens.

Para descobrir o que o Twitter sabe sobre seu perfil, basta confirmar sua senha, acessar sua página de configurações de dados e clicar no botão Request data.



Uma mensagem informará que os dados estão sendo organizados e serão em breve enviados para o endereço de email registrado com a conta. Ao contrário do pacote anterior, o envio é mais rápido e a mensagem com o arquivo PDF em anexo chega em poucos minutos. Esse documento contém suas informações demográficas, os interesses registrados no Twitter, navegadores e dispositivos móveis vinculados a sua conta, um histórico de acessos dos últimos 30 dias e mais.

Um dos detalhes mais importantes desse documento é a lista de “Públicos semelhantes”. De acordo com o Twitter, o sistema “incluiu você em um ou mais públicos semelhantes aos públicos personalizados dos anunciantes abaixo. O Twitter cria esses públicos para aumentar o alcance dos anunciantes. Você pode ser incluído nesses públicos com base nas semelhanças entre a sua conta e as contas incluídas nos públicos personalizados”. Segue então uma vasta lista de outras contas que foram associadas a sua, mesmo que elas não te sigam ou você não as siga.


Segundo o documento, “para deixar de ver anúncios com base nesses públicos semelhantes, desative a publicidade baseada em interesses nas configurações de personalização e dados. Elas podem ser encontradas em twitter.com/personalization. Isso altera os anúncios que você vê no Twitter, mas não o remove desses públicos“.




Para saber mais, escreva para nós, deixe seus comentários mais abaixo.


eupossofazerisso@gmail.com

Snapchat - Como Baixar Todos os seus Dados

Snapchat - Como Baixar Todos os seus Dados

A nova lei de proteção de dados da Europa, conhecida como GDPR, está entre nós. A regulamentação impõe uma série de mudanças na maneira como as empresas tratam suas informações pessoais.



Um dos benefícios do GDPR é que ele exige que as empresas ofereçam alguma forma de os usuários pegarem todos os seus dados e deixarem o serviço. Desta forma, não ficará preso ao aplicativo de determinada companhia só porque não quer perder o acesso a fotos que armazenou com o passar dos anos – você deve conseguir mover suas informações para o serviço que preferir.



Para cumprir com a nova lei, grandes e pequenas empresas estão lançando ferramentas de download de dados. Mas transferir suas coisas de uma plataforma para outra ainda é mais irritante do que deveria – é preciso lidar com downloads pesados e formatos de arquivos conflitantes, já que a maioria dos serviços não lançaram boas funcionalidades de portabilidade.



O Snapchat é um serviço de mensagens no qual usuários trocam vídeos e fotos que duram por apenas alguns instantes. Porém, aproveitando-se de algumas falhas de segurança na hora de criptografar este conteúdo, alguns desenvolvedores criaram programas capazes de salvar itens compartilhados na rede social.


Assim, se você não consegue salvar fotos e vídeos em seu dispositivo ao visualizá-los pelo aplicativo oficial do Snapchat, alguns apps de terceiros conseguem realizar este feito de maneira simples. E eles permitem a você escolher salvar itens recebidos diretamente ou adicionados à história de outros perfis.

Quando se cadastra no Snapchat e usa seus serviços, coletam certos dados como seu número de telefone e endereço de e-mail. Também coletam informações sobre você e como usa os serviços, como por exemplo quais Snaps enviou para Nossa História. Existem algumas formas de acessar e, às vezes, atualizar a maioria desses dados:

1. Você pode acessar e atualizar parte de seus dados (como seu nome, endereço de e-mail, número de telefone e Bitmoji) fazendo o login no Snapchat e indo às Configurações. Toque no ícone de Perfil no canto superior esquerdo, e depois na engrenagem no canto superior direito da tela para chegar às Configurações.

2. Para acessar outros dados, como a data de criação da sua conta ou quais aparelhos já acessaram sua conta, pode ir ao nosso site de contas e seguir os passos abaixo. Nesse momento terá um endereço de e-mail verificado para baixar seus dados.


  • Acesse sua conta em accounts.snapchat.com
  • Clique em "Meus Dados"
  • Clique em "Enviar Pedido"  no fim da página
  • Caso tenha um endereço de e-mail verificado com o Snapchat, enviarão um e-mail com um link assim que seus dados estiverem prontos para baixar
  • Siga o link em seu e-mail para baixar seus dados
  • Clique no link para baixar seus dados
  • Não poderá baixar seus dados usando o aplicativo do Snapchat


Aviso: Seu download de "Meus dados" será em formato ZIP. Para abrir e visualizar um arquivo ZIP precisará ter software compatível no seu aparelho!

Que tipos de dados posso acessar?
Abaixo você encontrará uma lista dos tipos de informação que poderá acessar, além de instruções para fazê-lo. Você também pode conferir nossa Política de Privacidade se tiver dúvidas sobre as informações que podemos coletar e reter.

É importante lembrar que armazenamos tipos variados de dados por períodos variados de tempo. Isso quer dizer que talvez você não possa acessar todos os dados já coletados desde que você se tornou um Snapchatter. Além disso, os tipos de informação que coletam, armazenam e retém podem mudar com o tempo. Manterão a Política de Privacidade atualizada com qualquer mudança.

Quais dados ficam disponíveis no aplicativo?
Suas informações principais de conta estão disponíveis no aplicativo do Snapchat. Isto inclui seu nome, nome de usuário, data de aniversário, número de celular, e-mail, Snapchatters que você já bloqueou, Memórias, Bitmoji, Snapcode, seus pedidos (como Filtros e Lentes customizados), informações sobre Spectacles, histórico do Shazam e transações de Snapcash.

No aplicativo, também é possível atualizar suas configurações de privacidade, preferências publicitárias, categorias de lifestyle, permissões, gerenciamento de Nossa História e configurações do Mapa de Snaps.  

Quais informações estão disponíveis no "Baixar meus dados"?

Aqui estão algumas categorias de dados que você encontra no seu arquivo "Baixar meus dados":


  • Informações de conta e histórico de logins
  • Histórico de Snaps
  • Nossa História e conteúdo coletivo
  • Histórico de compras
  • Histórico de suporte do Snapchat
  • Perfil do usuário
  • Amigos
  • Ranking
  • Histórico da conta
  • Histórico de localização
  • Histórico de buscas



Para saber mais, escreva para nós, deixe seus comentários mais abaixo.


eupossofazerisso@gmail.com

LinkedIn - Como Baixar Todos os seus Dados

LinkedIn - Como Baixar Todos os seus Dados

A nova lei de proteção de dados da Europa, conhecida como GDPR, está entre nós. A regulamentação impõe uma série de mudanças na maneira como as empresas tratam suas informações pessoais.


Um dos benefícios do GDPR é que ele exige que as empresas ofereçam alguma forma de os usuários pegarem todos os seus dados e deixarem o serviço. Desta forma, não ficará preso ao aplicativo de determinada companhia só porque não quer perder o acesso a fotos que armazenou com o passar dos anos – você deve conseguir mover suas informações para o serviço que preferir.


Para cumprir com a nova lei, grandes e pequenas empresas estão lançando ferramentas de download de dados. Mas transferir suas coisas de uma plataforma para outra ainda é mais irritante do que deveria – é preciso lidar com downloads pesados e formatos de arquivos conflitantes, já que a maioria dos serviços não lançaram boas funcionalidades de portabilidade.
O LinkedIn oferece uma forma simples para fazer download do seu currículo e outros dados relacionados à conta. O pacote ZIP contém informações separadas em categorias e tipos de arquivo diferentes: Contatos, conexões, mensagens e outras listas são gravadas em planilhas. Já imagens e anexos são enviados por mensagens e convertidos em PDF. Com os arquivos salvos é possível manter um backup seguro no PC para preencher formulários de vagas offline.



PASSO 1

Acesse o LinkedIn e faça login na sua conta. Arraste o mouse sobre a sua foto, localizada no canto superior direito e selecione a opção Configurações e privacidade.



,
PASSO 2

Role a página até encontrar Obter um arquivo com seus dados e clique em Alterar.




PASSO 3

Há 2 tipos de pacotes com suas informações para baixar: Um mais leve e o outro completo e mais pesado. O fica pronto em 10 minutos e conta principalmente com dados em texto, como conexões, perfil e mensagens. O demora 24 horas e traz o histórico de notificações e de atividades na Rede Social.





PASSO 4

Escolha a opção desejada, digite sua senha e clique em Concluído para solicitar os dados.





PASSO 5

Depois do tempo de espera de acordo com o pacote escolhido (10 minutos ou 24 horas) o LinkedIn avisa por e-mail quando o link de download está pronto.


Para saber mais, escreva para nós, deixe seus comentários mais abaixo.

eupossofazerisso@gmail.com

Instagram - Como Baixar Todos os seus Dados

Instagram - Como Baixar Todos os seus Dados

A nova lei de proteção de dados da Europa, conhecida como GDPR, está entre nós. A regulamentação impõe uma série de mudanças na maneira como as empresas tratam suas informações pessoais.



Um dos benefícios do GDPR é que ele exige que as empresas ofereçam alguma forma de os usuários pegarem todos os seus dados e deixarem o serviço. Desta forma, não ficará preso ao aplicativo de determinada companhia só porque não quer perder o acesso a fotos que armazenou com o passar dos anos – você deve conseguir mover suas informações para o serviço que preferir.



Para cumprir com a nova lei, grandes e pequenas empresas estão lançando ferramentas de download de dados. Mas transferir suas coisas de uma plataforma para outra ainda é mais irritante do que deveria – é preciso lidar com downloads pesados e formatos de arquivos conflitantes, já que a maioria dos serviços não lançaram boas funcionalidades de portabilidade. 



Instagram lançou uma ferramenta melhorada de portabilidade de dados nas últimas semanas.

A nova ferramenta de portabilidade de dados do Instagram permite que você pegue suas fotos, vídeos e mensagens. Aparentemente não tem como pegar os comentários ou outros dados.

A nova política de privacidade do Instagram, lançada a tempo para o GDPR, observa que o aplicativo coleta informações sobre como você toca e rola na tela do seu celular enquanto usa o aplicativo, mas não é possível obter esses dados.

Para saber mais, escreva para nós, deixe seus comentários mais abaixo.


eupossofazerisso@gmail.com

Facebook - Como Baixar Todos os seus Dados

Facebook - Como Baixar Todos os seus Dados

A nova lei de proteção de dados da Europa, conhecida como GDPR, está entre nós. A regulamentação impõe uma série de mudanças na maneira como as empresas tratam suas informações pessoais.



Um dos benefícios do GDPR é que ele exige que as empresas ofereçam alguma forma de os usuários pegarem todos os seus dados e deixarem o serviço. Desta forma, não ficará preso ao aplicativo de determinada companhia só porque não quer perder o acesso a fotos que armazenou com o passar dos anos – você deve conseguir mover suas informações para o serviço que preferir.



Para cumprir com a nova lei, grandes e pequenas empresas estão lançando ferramentas de download de dados. Mas transferir suas coisas de uma plataforma para outra ainda é mais irritante do que deveria – é preciso lidar com downloads pesados e formatos de arquivos conflitantes, já que a maioria dos serviços não lançaram boas funcionalidades de portabilidade. 





FACEBOOK

O Facebook lançou uma ferramenta melhorada de portabilidade de dados nas últimas semanas. Mas a suíte de apps do Facebook está entre as mais frustrantes quando se trata de portabilidade. Claro, conseguimos baixar nossas informações. Mas onde as colocará depois?

A exportação de dados do Facebook é bem compreensível – usuários podem esperar obter suas fotos e atualizações de status, bem como outras coisas interessantes como curtidas, histórico de pesquisa e informações sobre anúncios dirigidos a eles.

Mas como o TechCrunh aponta, o Facebook aderiu firmemente aos gráficos sociais dos usuários, tornando difícil para que as pessoas encontrem seus amigos em outras redes sociais. Ao mesmo tempo, a Rede Social absorve dados de gráficos sociais dos contatos de email e telefone para oferecer sugestões de amigos.

Para saber mais, escreva para nós, deixe seus comentários mais abaixo.


eupossofazerisso@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...